56ª Comissão sobre a Situação da Mulher

A equipe: Didacienne, Juliet Nakato, Ousainou Ngum,
Annette Msabeni, Salina Sanou.

Uma equipa da ACORD composta por seis elementos, chefiada pelo Director Executivo e o Responsável pela Política e Advocacia, tomou parte na 56ª Sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW56), que teve lugar em Nova Iorque. No presente ano, a reunião foi realizada de 27 de Fevereiro a 9 de Março e foi palco de discussões e debates em torno da questão de empoderamento da mulher rural e do seu papel na erradicação da pobreza e da fome, bem como na abordagem aos desafios de desenvolvimento e da actualidade.

A ACORD transmitiu uma mensagem forte sobre a necessidade de apoio às sobreviventes de violência sexual na reconstrução e transformação das suas vidas, colocando-as na vanguarda do processo de mudança. "Ambicionamos reforçar os meios de subsistência e a segurança alimentar de mulheres sobreviventes da violência sexual e do género, como forma de reparação", disse Salina Sanou da ACORD.

A CSW56 também proporcionou uma oportunidade ímpar de aprendizagem sobre as melhores práticas internacionais e tendências mundiais compiladas para reforçar a execução de programas que sejam sensíveis ao género. O Ruanda mereceu destaque como um dos países com um grande número de viúvas no mundo como consequência do genocídio ocorrido em 1994, que resultou na perda de vidas humanas e no deslocamento de populações.

"Não obstante a difícil situação em que vivem, as viúvas têm feito diferença na sociedade ruandesa. Estão a construir casas, superando as barreiras culturais e abraçando o empreendedorismo num esforço para melhorar as suas condições de vida". Este exemplo foi compartilhado por Didacienne Mukahabeshimana da ACORD no Ruanda.

As inúmeras lições e as acções de seguimento à CSW56 irão informar a programação da ACORD, incluindo o programa pan-africano da mulher financiado pelo governo holandês durante o período 2012-2015, bem como o Programa Pan-africano Agrícola financiado pela Agência Canadiana para o Desenvolvimento Internacional (ACDI), que tem como alvo principal as mulheres camponesas.

  • direitos humanos
  • mulher