República Centro-Africana

Durante mais de uma década, a República Centro-Africana viveu um período de instabilidade crónica, caracterizado por conflitos políticos e militares. Isto afectou o país a todos os níveis de forma significativa. As regiões situadas nos corredores do nordeste e noroeste do país foram o epicentro da violência prolongada que resultou na perda de vidas, deslocamento das populações e desmantelamento das estruturas socioeconómicas.

No entanto, com a assinatura do pacto de paz conhecido como Diálogo Político Inclusivo entre o Governo e os grupos dos antigos rebeldes e as eleições previstas para 2010, a República Centro-Africana está progressivamente a dar passos para a estabilidade, uma componente crucial para as comunidades participarem no desenvolvimento.

Projectos em curso

A estratégia da ACORD para 2010-2011 na República Centro-Africana tem como alvo as comunidades que passaram por conflitos. O objectivo será o reforço da construção da paz e a reintegração socioeconómica de jovens, homens e mulheres que tenham integrado grupos armados rebeldes ou envolvidos em conflitos armados. O plano de acção no âmbito da estratégia adopta duas abordagens principais: meios de subsistência e liderança, bem como o desenvolvimento de capacidades na área de negociações entre os diferentes sectores sociais.

>> Desenvolvimento dos meios de subsistência através do reforço da liderança comunitária: É necessário reconstruir o capital humano e revitalizar as sinergias comunitárias e sociais. Isto pode criar espaço para a reemergência de lideranças locais credíveis capazes de participar de forma activa e responsável nas acções de resposta aos desafios de reconstrução física, social e económica. Iremos também reforçar as capacidades dos actores no desenvolvimento para que possam desenvolver mecanismos locais de diálogo e cooperação.

>> Reforçar os mecanismos de negociação e interacção no seio dos actores da sociedade civil e entre a sociedade civil e o público, com vista a restabelecer um espaço onde as comunidades possam desfrutar de liberdades. Esta intervenção vai contribuir para o reforço da participação dos cidadãos nas questões de desenvolvimento, reforçando assim a legitimidade e a credibilidade da estrutura de liderança. A abordagem vai consolidar a participação responsável dos diferentes sectores da sociedade em benefício de milhões de pessoas. Os principais pontos de entrada foram identificados de forma a garantir o sucesso da intervenção:
- Construção da paz através de diálogo para se garantir um clima conducente à implementação dos projectos de desenvolvimento
- Descentralização da provisão de serviços e coesão no seio da comunidade
- Governação económica, incluindo o desenvolvimento do sector agrário, da indústria da madeira, chá e algodão e de outros recursos económicos.

Locais onde desenvolvemos as nossas actividades na República Centro-Africana

A ACORD tem a sua sede em Bangui, cidade capital da República Centro-Africana. Pretendemos abrir um escritório satélite em Bossangoa, o principal centro de actividade na região de Ouham. As actividades da ACORD têm como alvo as comunidades de Ouham, Ouham Pende e Ombella Mpoko.


Veja, no mapa ampliado, a localização da ACORD na República Centro-Africana.

Os nossos parceiros na República Centro-Africana

Está em curso uma iniciativa de desenvolvimento de parcerias que permitirá à ACORD implantar as suas redes e sistemas de apoio às intervenções de modo a estender as nossas acções às comunidades locais, bem como receber apoio, incluindo recursos financeiros e materiais. A CCFD - Terre Solidaire tem vindo a apoiar as nossas intervenções-piloto.

Fotografias, vídeos e publicações

Podemos enviar fotografias e vídeos do trabalho da ACORD na RCA mediante pedido por escrito remetido ao seguinte endereço: communications@acordinternational.org.

Como pode apoiar as comunidades na República Centro-Africana

Com mais de 72% da população do país a viver em situação de pós-conflito, o seu apoio aos nossos projectos na República Centro-Africana pode fazer uma diferença significativa para uma mãe que procura formas de sustento para a sua família ou a um órfão que tem a responsabilidade de prover para os seus irmãos. O seu apoio também pode contribuir na sensibilização em torno da transformação de conflitos no seio da população em geral.

Subscreva ao nosso boletim informativo, visite o escritório mais próximo da ACORD ou contacte-nos por via telefónica a fim de obter mais informações sobre as nossas actividades na República Centro-Africana.

  • república centro-africana
  • Contacte-nos na RCA

    Convidamo-lo a contactar ACORD na República Centro-Africana:

    •  por correio eletrônico

    info.cf@acordinternational.org

    •  por correio postal

    BP 2014
    República Centro-Africana

    •  por via telefônica

    +236 7504 3821


    Retrato de Yolande NbogoYolande Nbogo,   Coordenador de país pela ACORD em República Centro-Africana.