RD Congo

Mushie é uma região do interior com um curso de água como o principal meio de acesso e de transporte de mercadorias. Apesar do seu forte potencial, Mushie tem um nível de desenvolvimento agrícola baixo. Entre outras dificuldades, os agricultores têm de pagar taxas arbitrárias e desvantajosas aos operadores das embarcações "baleinière" o que corrói os rendimentos da sua produção. Embora as mulheres respondam por mais de 70% da produção dos bens e dos rendimentos, são desproporcionalmente afectadas pelas condições de vulnerabilidade e pobreza crónica.

ACORD está a tentar melhorar a vida das populações mais vulneráveis e contribuir para o desenvolvimento sustentável através de uma combinação de apoio prático e capacitação da sociedade civil.

Projectos em curso

Desde 1996 que a ACORD tem estado a trabalhar estreitamente com as comunidades na RDC com vista a assegurar que a sua voz seja ouvida e para que possam realizar os seus direitos. A subsistência e a segurança alimentar, o VIH / SIDA, o género e a transformação de conflitos constituem as principais áreas temáticas que a ACORD prossegue na RDC.

>> Subsistência e segurança alimentar: Desde 2006 que a ACORD tem estado a trabalhar com as comunidades em Buta, uma localidade da Província Oriental, na implementação de um projecto de reunificação económica e social através de apoio de emergência em meios de subsistência. Nesta área gravemente afectada pelo conflito, o projecto tem estado a promover a reintegração social. Os resultados concretos incluem a instalação de bombas de água para permitir que as populações locais tenham acesso a água potável. Isto teve um impacto directo na luta da mulher pelo acesso à água e também levou à redução dos casos de doenças transmitidas pela água.

>> VIH / SIDA: A ACORD tem vindo a desenvolver acções de sensibilização sobre o VIH / SIDA junto dos grupos de alto risco na zona de Kingabwa, em Kinshasa. A ACORD também tem apoiado as organizações locais na transmissão de mensagens sobre VIH e SIDA tendo como alvo os membros da comunidade que vivem nas aldeias, usando como meio programas radiofónicos idênticos aos radiodifundidos pela rádio comunitária de Rubi, em Buta.

>> Direitos da mulher: A ACORD ajuda as comunidades, organizações e instituições a integrar a perspectiva do género como um modo de vida, através de sensibilização, formação e desenvolvimento de auto-confiança nas mulheres. A ACORD está a implementar um programa regional sobre os crimes de guerra ocultos relacionados com a violência sexual e do género em cinco países da região dos Grandes Lagos, a saber, RDC, Uganda, Burundi, Tanzânia e Quénia. Na RDC, o programa realizou uma auditoria judicial com vista a acabar com a impunidade na violência sexual e baseada no género. Além disso, a ACORD defende a criação de um fundo para beneficiar sobreviventes da violência sexual e baseada no género, bem como a sua reabilitação através de aconselhamento a fim de sarar os traumas psicológicos.

>> Construção da paz: A ACORD apoia as comunidades a unirem-se na luta contra a pobreza. A organização adopta abordagens participativas, a análise da exclusão social e o diálogo social para incentivar as comunidades locais a trabalharem em conjunto e transcender as barreiras étnicas, raciais, tribais e do género.

Locais onde desenvolvemos as nossas actividades na RDC

Os nossos projectos estão concentrados em Kinshasa e na Província Oriental, em particular, no território de Buta, no distrito do Baixo Uele. Em 2010, prevemos lançar um programa em Mushie, na região de Mai Ndombe.


Veja, no mapa ampliado, a localização da ACORD na República Democrática do Congo.

Comunidades contam as suas histórias na República Democrática do Congo

O Sr. Beyenito Kwayo Gilbert é membro da Communauté Bagbé 16, uma comunidade que está a desenvolver a piscicultura com o apoio da ACORD. Ele passou por grandes dificuldades em termos de insegurança alimentar na localidade de Buta, onde nasceu. O seu maior problema tinha a ver com a deficiência proteica e muitos dos seus filhos sofriam de desnutrição.
Hoje, a intervenção da ACORD permitiu que toda a comunidade fosse auto-suficiente produzindo os seus próprios alimentos. As crianças desta comunidade retomaram as aulas e as famílias recuperaram os seus meios de subsistência.
Além disso, tendo começado com apenas dois tanques de peixe, a comunidade tem agora nove viveiros e a actividade está em franca expansão no bairro.

Os nossos parceiros na República Democrática do Congo

Na RDC, estamos a tentar alargar a nossa rede de parceiros que compartilham da nossa visão e missão. A ACORD tem trabalhado estreitamente com Réseau Action Femme, Associação de Mulheres Juristas do Congo (AFEMAC) e com diversas associações de pessoas que vivem com VIH / SIDA. A ACORD está também a apoiar a Plataforma Comunitária para o Desenvolvimento de Buta.

A ACORD é membro do subgrupo sobre Violência Sexual e do Género, um órgão que tem ligações com o Ministério do Género, Família e Criança. A ACORD colabora com várias organizações e agências da ONU, incluindo a UNIFEM, a FAO e com PNMLS Bas Uele.

Os parceiros doadores incluem a UNIFEM e o Governo da Holanda (Fundo do ODM3).

Fotografias, vídeos e publicações

Fazendo vigorar a lei: uma síntese da auditoria sobre as práticas jurídicas na questão da violência sexual na República Democrática do Congo. Uma revisão da prática jurídica sobre violência sexual no Burundi. A análise considera sobre: quais leis nacionais lidam com a violência sexual; como juízes e outras autoridades judiciais interpretam a lei; atitude policial no que diz respeito à violência sexual; o papel das instituições de saúde. A auditoria também faz recomendações para a advocacia da sociedade civil pela melhora da resposta à violência sexual.
    francês

Uma síntese de todas as 'auditorias jurídicas' conduzidas em cinco países da Região dos Grandes Lagos também está disponível:
    inglês  |  francês

Proteção e reparação em favor das vítimas de violência sexual e baseada em género no direito congolês. Relatório sobre alternativas para a melhora do sistema legal no que diz respeito à resposta a violência sexual e baseada em género na República Democrática do Congo, especialmente no estabelecimento de mecanismos de compensação a sobreviventes.
    inglês  |  francês

Outras publicações relacionadas com as nossas actividades podem ser transferidas a partir daqui.

Podemos enviar fotografias e vídeos sobre as actividades da ACORD na RDC mediante pedido por escrito remetido ao seguinte endereço communications@acordinternational.org

Como pode apoiar as comunidades na República Democrática do Congo

As doações financeiras e em espécie em apoio ao Programa da ACORD na RDC contribuirão para o sucesso da implementação dos nossos projectos junto das comunidades em Kinshasa, Buta e Mushie. Com o seu apoio, vamos assegurar que os nossos programas tenham um impacto duradouro nas condições de vida e no desenvolvimento destas comunidades.

Faça uma doação à ACORD na República Democrática do Congo agora! Obrigado.

  • congo drc